Publicado em 28 de dez de 2016 por Igor Mattos

Durante a Mid Season de Agents of Shield, o seu arco que vinha sendo abordado no inicio da temporada parece que mudou totalmente. Ou seu Motoqueiro Fantasma não foi extinto completamente?

Como sugerido durante o final da meia temporada, “Ele está preso em outro lugar”, disse o ShowrunnerJed Whedon durante um set visit, “o que normalmente significa que ele não está morto”.

A série resolveu dar um adeus a Robbie Reyes, pelo menos por enquanto, para não esticar uma boa ideia muito longe. “Motoqueiro Fantasma é muito para 22 episódios, especialmente com tudo mais que nós gostamos e nos preocupamos com a série”, disse Jeffrey Bell. “Sentiremos falta durante um período longo, mas nós certamente o deixamos aberto” para retornar.

Os produtores também admitiram que “considerações financeiras” desempenharam um papel em afastar o Motoqueiro Fantasma. Afinal de contas, contar a história de LMDs (ou Life Model Decoys), interpretada por Mallory Jansen e agora Ming-Na Wen, “não custa tanto” como fazer a cabeça de um cara em chamas via CGI, Bell brincou.

Além disso, como Whedon vê, mais opções de arco na história. “Este ano estamos começando a mexer com coisas que queríamos mexer”, ele compartilhou. “[LMDs] são algo que nós estavamos querendo chegar, e agora finalmente conseguimos chegar”.

Quanto à mudança de trama num terço da  4 ª temporada, “Queremos sentir o nosso próprio mini mundo, e ter o seu próprio aroma”, disse Whedon. “Então nós pensamos que você verá os próximos episódios e imediatamente se sentirá como, ‘Oh, este é um tipo diferente de história.’ Então estamos animados com isso.”

O Twist com a agente Melinda May, sendo sequestrada pela assistente do Dr. Radcliffe, a LMD, Aida, e substituída por um Android Lookalike, vai oferecer um novo problema de confiança em Shield. “A confiança é sempre um problema em uma organização de espionagem. Mas é muito pior quando você não sabe se a pessoa ao seu lado é a pessoa próxima a você”, observou Whedon. “Queremos não apenas contar histórias assustadoras de coisas que saem de armários, mas as histórias emocionais e quando você começa a confiar, é quando as coisas ficam emocionais.”

Agents of S.H.I.E.L.D. retorna em 10 de janeiro nos EUA, com o episódio “Broken Promises“, Coulson e “May” continuarão a se aproximar mais, enquanto Aida é implacável em sua busca pelo Darkhold, o misterioso livro que facilmente corrompe as mentes humanas e parecia definir assistente de Radcliffe em seu novo caminho. O Darkhold serve assim como o tecido conectivo entre o primeiro e o segundo arcos desta temporada.

“Da mesma forma que Radcliffe permitiu que Aida lê-se o livro para recuperar (Coulson, Fitz e Robbie), construindo essas coisas quânticas, faz sentido então que ela possa fazer outros ajustes”, disse Bell. “Parece que isso é parte da mesma história.”

Whedon acrescentou: “Podemos fazer algo diferente, mas ainda estamos no mesmo mundo (com Motoqueiro Fantasma), e essas coisas poderiam ligar-se mais tarde de alguma forma e talvez de forma emocionante.”

Veja a promo do retorno:

Fonte: TV Line

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher