Publicado em 02 de dez de 2016 por Igor Mattos

O primeiro dia da CCXP – Comic Con Experience teve início no Auditório Cinemark com a presença de Renato Aragão, o homenageado da terceira edição da CCXP. Rodrigo Fonseca, crítico de cinema e colunista do Omelete, e o ator Felipe Melo foram os apresentadores da abertura e relembraram momentos da vida e carreira do humorista que foi consagrada, principalmente, por conta do programa, Os Trapalhões, ao lado de Dedé Santana, Mussum e Zacarias.

O eterno Didi foi aplaudido de pé, e se emocionou em diversos momentos e afirmou que deixar a TV está fora de questão:

“Se eu parar, eu morro. Pra mim, aposentadoria não existe. Inclusive, aqui pra nós: Os Trapalhões vão voltar!”.

O cearense disse que já estão em processo de seleção, e que agora serão seis integrantes: Aragão, Dedé Santana e mais quatro novos atores.

“Eu espero que vocês os recebam com muito carinho, porque eles não irão tomar o lugar de ninguém. O Mussum e o Zacarias são insubstituíveis”.

Outra surpresa foi o trailer inédito de Os Saltimbancos Trapalhões – Rumo à Hollywood que em breve deve estar disponível online e o filme chega às telonas em 19 de janeiro de 2017. O 50º filme de sua vida tem direção de João Daniel Tikhomiroff, o cineasta brasileiro mais premiado no exterior. Na trama, o Grande Circo Sumatra passa por uma severa crise financeira por conta da proibição de animais no espetáculo. Líderados por Didi (Renato Aragão), os circenses se organizam para preparar novos números e atrair o público de volta. O elenco conta com célebres nomes, como por exemplo, Dedé Santana, Alinne Moraes, Letícia Colin, Marcos Frota, Nelson Freitas e Roberto Guilherme.

O painel que durou cerca de uma hora, terminou com um compilado dos melhores momentos da trajetória do palhaço que agradeceu com lágrimas nos olhos.

“Ser convidado para participar da CCXP 2016 foi uma grande surpresa, porque na verdade eu me acho muito pequeno na frente desse povo maravilhoso”.

Assim encerrou o primeiro painel da CCXP no auditório Cinemark.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher