Publicado em 10 de dez de 2016 por Mayara Armstrong

O que torna um evento épico? As atrações do evento e as pessoas presentes, certo? Os cosplayers unem justamente essas duas coisas, costumam ser a parte mais atrativa e nostalgica da maioria dos eventos da cultura geek, e na Comic Con Experience não poderia ser diferente. A 3ª edição da CCXP – Comic Con Experience realizada nos dias 01 a 04 de dezembro de 2016 no São Paulo Expo, contou com a presença de diversos cosplayers, além de trazer artistas internacionais, ter camarins exclusivos e, claro, o tão esperado Concurso de Cosplayers.

*Clique nas imagens para ampliar

Muitos acham que fazer cosplay é apenas vestir uma fantasia de tal personagem, mas vai muito além disso, é uma arte que muitas pessoas se dedicam para valer! Não é apenas gostar do personagem do game, livro, filme ou série, é se transformar nesse personagem, é dedicação, atuação, performance. É se dedicar com pouco, nos minimos detalhes, durante meses, para criar a obra. Uma verdadeira paixão!

Haviam muitos cosplayers ótimos no evento, desde os clássicos, os mais nostalgicos, super herois, jedis, desenhos animados, vilões, anti herois, personagens de jogos e tudo mais que você pode imaginar, o pessoal realmente ousou e usou a criatividade neste ano. Confere mais alguns:

O mais interessante dessa arte, é que não se priva a apenas uma temática em especifico, ou apenas em um público especifico, ou uma única faixa etária. Claro, sabemos que o público alvo do evento não são crianças, mas, é ai que mora a paixão, muitos familiares levaram seus pequenos para o evento. E o que acontece? Confere alguns dos resultados:

No Concurso de Cosplayers também houve muita variedade, entre os 12 finalistas deste ano, estavam Renata Silva de Brasília como Feiya de Pathfinder; Jorge Ayala de São Paulo como Michelangelo das Tartarugas Ninja; Renato Ikeda de Bragança Paulista como Kenshin Himura de Samurai X; Priscila Modolon de Tubarão como Queen of Hearts de American McGee’s Alice; Rafael Silva do Rio de Janeiro como Death Knight de World of Warcraft; Vinicius Oliveira do Rio de Janeiro como Ramsés de Exodo: Deuses e Reis; Lorena Leal de Mesquita como Korra de Avatar; David Sousa de Natal como Sam Gideon de Vanquish; Wescley Azevedo de Belém como Ultron de Vingadores: A Era de Ultron; Albani Paiva de João Pessoa como Muriel de Coragem, o Cão Covarde; Kayo Pantoja de Natal como Illidan Stormrage de World of Warcraft

E, claro, a principal vencedora do dia, levando para casa casa um carro zero kilômetro: Jaqueline Santos de Osasco como Sarah Kerrigan de Starcraft:

andre_conti_-5374

Jaqueline, durante entrevistas, contou que sua fantasia foi feita de eva, arame e cola quente. Além disso, disse que a confecção custou, em média, R$600 reais e demorou dois meses para ficar pronta.

Kayo Henrique Soares, vestido de Illidan Stormrage, Rafael Pereira, de Death Knight, Albani e Carlos Paiva, de Eustácio e Muriel também venceram em categorias secundárias e receberam passaportes vips para a Comic Con de 2017:

CCXP 2016

Gostaram dos cosplayers desse ano? Dos apresentados, qual seu preferido?

Créditos das imagens: Release oficial do evento e acervo pessoal.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher