Publicado em 02 de dez de 2016 por John Oliveira

O painel especial sobre Game of Thrones foi dividido em três partes: storyboards, com Will Simpson; efeitos visuais, com Sven Martin; e uma das estrelas do show, a atriz Natalie Dormer, que interpretou a rainha Margaery Tyrrel de 2ª até a 6ª temporada.

O responsável por criar algumas das cenas mais marcantes da série em arte sequencial, Will Simpson, falou sobre o processo criativo, a evolução da produção ao longo dos anos, curiosidades sobre trabalhar em um projeto desse tamanho, além de dar dicas para quem quer trabalhar como artista conceitual no cinema e na TV. Quando perguntado se poderia contar algum segredo da próxima temporada, Simpson brincou: “Os produtores me entregariam para Ramsey”, em referência um dos personagens mais cruéis da série.

Sven Martin mostrou o passo a passo da criação de um dragão gerado virtualmente – inclusive com as nuances morfológicas (pele, ossos, músculos e até expressões faciais), temporais (da fase infantil até a atual fase adulta da criatura) e fenomenológicas (como os dragões reagem ao fogo, à água e ao vento, por exemplo). O vídeo de making of da temporada passada fez os presentes aplaudirem muito.

Uma das convidadas mais aguardadas pelos fãs de cultura pop que estiverem no painel, a atriz Natalie Dormer foi bem recepcionada e esbanjou bom humor nas respostas inteligentes que recebeu. Entre muitos pontos de interesse em suas falas, a eterna Rainha Margaery ressaltou a importância de mulheres em papeis fortes e bem construídos na ficção, afirmou querer ver a personagem Cersei sofrer e relembrou de outras produções que participou, como a série de filmes Jogos Vorazes. Segundo ela, a produção da HBO encarna um novo zeitgeist na cultura pop e pode ensinar muito sobre os acontecimentos sociais e políticos que o mundo vive.

“Amo a ideia de ficar mais velha e minha audiência crescer comigo. Eu não imaginava tantos fãs no Brasil, vocês são demais e eu tive um dia ótimo. Os fãs são tudo, sem vocês não tenho trabalho, e meu trabalho é minha vida. Ou seja, vocês me dão a minha vida”, finalizou a atriz.

A sétima temporada do show terá apenas sete episódios. Devido à questões climáticas, as gravações do sétimo ano começarão mais tarde que o normal, o que também deve adiar a estreia da temporada para o verão americano, no final de 2017.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher