Publicado em 07 de fev de 2017 por Mayara Armstrong

Espírito Santo Pede Socorro! Espírito Santo Existe!

Por que há poucas – e raras – informações sobre a calamidade que o estado está vivendo na grande mídia?

Provavelmente você já tenha visto ou conheça o filme Uma Noite de Crimes, certo? Caso não, o filme foca no que propoe o próprio nome: O governo permitiu que todas atividades ilegais acontecessem durante a noite e tudo vira um caos. Milhares de assassinatos. Lichamentos. Arrastões. Ameaças. Tiros. Insegurança. Medo. Desespero. 

 

É isso que está acontecendo em Espírito Santo,

Em uma proporção muito maior:

 

Aulas canceladas. Órgãos públicos pararam de funcionar. Comércio parou de funcionar e está sendo saqueado. Lojas arrombadas. Alarmes disparando toda hora. Gritos da população. Tiros mais próximo do que se imagina. Toque de recolher anunciado. Ninguém sai nas ruas por medo. População numa especie de quarentena, trancados em casas tentando se proteger e esperando que sua casa não seja invadida. A situação já se repete por 04 dias inteiros.

Como tudo começou?

Bom, é uma história um pouco complicada. A Policia Militar do Espiríto Santo é muito desvalorizada, além de ter o pior salário de todos. Já que os PM’s não podem fazer greve – o que é previsto por lei na Constituição Federal de 1988, o pensamento é: se os PM’s param, afeta diretamente a população – os familiares dos PM’s resolveram se manifestar em frente aos quartéis em busca de melhores condições de trabalho para eles, porém, é ai que começa a ficar complicado. Os familiares estão barrando a saida dos policiais do quartel. Porém essa “grave-não grave branca” tomou uma proporção muito maior do que o esperado e a Secretaria de Segurança do Estado não se manifestou sobre essa situação – apenas se manifestou, muito mais tarde, solicitando reforços das Forças Nacionais para conter a violência extrema.

 

Especificamente, o que está acontecendo e por que o resto do Brasil não está sabendo?

 

Nessa madrugada, foram notificados 62 homicídios em apenas três dias, cerca de seis vezes mais que a índice do ano passado no estado. Apenas ontem (06/02) foram registrados 41 homocídios. No DML (Departamento Médico Legal), em Vitória, ainda segundo o Sindipol, há corpos espalhados pelos corredores da instituição por falta de espaço e de pessoal para a realização das autópsias. A “solução provisória”? O IML está empilhando os corpos no chão. Nas ruas? O exército está passando em caminhões com fuzis. (para mais informações dos dados disponibilizados, clique aqui). Por dia está acontecendo 200 roubos de veículos, a média era de apenas 20 veículos por dia. (para mais informações dos dados disponibilizados, clique aqui).

Ainda não consegue visualizar a situação ou acha que é brincadeira? 

A seguir iremos disponibilizar imagens e vídeos fortes de toda calamidade que o estado está vivendo:

Assaltos a mão armada. Arrastões. Mortes. Sangue. Violência.

Reportagens atualizadas: Uol, G1, Jconline, Carta CapitalExtra, 1news, Vermelho. Além de outras mídias divulgando, como o Buzzfeed e o Blastingnews.

A grande pergunta que fica é: Por que a grande mídia – televisiva – não está dando a devida importância para a situação? O que se ganha negando – e as vezes distorcendo – informações? Conflitos de interesses políticos?

Espiríto Santo precisa de nós! Ajudem divulgando as notícias!

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher