Publicado em 14 de nov de 2016 por Mayara Armstrong

Em Outubro, o diretor Tim Miller anunciou que não dirigiria o segundo Deadpool. O que foi divulgado é que sua saída foi por diferenças criativas com Ryan Reynolds, o protagonista e produtor do filme.

Reynolds se manteve em silêncio sobre a polêmica até agora. Em uma entrevista publicada pela GQ, Reynolds deu apenas um breve depoimento sobre isso:

“Tudo que eu posso dizer é que estou triste por vê-lo fora do filme”, disse Ryan. “Tim é brilhante e ninguém trabalhou mais por Deadpool do que ele”.  

Sua resposta não dá muitas informações novas sobre o caso, mas pelo menos alimenta a ideia de que a saída foi em termos amigáveis e respeitosos. Miller mantém também uma ótima relação com a FOX e irá dirigir a próxima ficção científica do estúdio. O filme será chamado INFLUX.

deadpool2jpg

Na entrevista ele também fala um pouco sobre como foi o processo de realizar Deadpool.

“ Fazer o filme foi muito, muito difícil. Era o grupo de pessoas mais apaixonado com quem já trabalhei em toda minha vida. E, por qualquer razão, aquele grupo louco de pessoas é o que fez o filme funcionar. Não só porque EU tinha essa visão e TINHA que ser feito dessa maneira. Mas sim porque todos nós sentíamos a mesma coisa. Tivemos algumas brigas um pouco assustadoras na pós-produção. Por sorte, todo mundo cresceu com isso e, no fim do dia, nos divertimos e amamos uns aos outros. “

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher