Publicado em 02 de ago de 2018 por PH Nascimento

Demitido há duas semanas, James Gunn dificilmente retornará ao comando de Guardiões da Galáxia. Segundo a Variety, a Disney não deve mudar sua posição quanto à demissão do diretor por conta de tuítes polêmicos. As referências pedófilas de Gunn na rede social são consideradas indesculpáveis pela empresa.

– Não vejo a Disney o recontratando. Aqueles tweets eram horríveis e a Disney tem um padrão diferentes dos outros estúdios – revela uma fonte do site americano.

Nos últimos dias, os atores de Guardiões se posicionaram a favor da volta do diretor dos dois primeiros filmes. A ação, no entanto, não mexeu com a diretoria da Disney que excluiu James Gunn de todas as produções da casa. Ainda não há informações sobre o substituto para a direção. Guardiões da Galáxia Vol. 3 é previsto para 2020, mas a tendência é que seja adiado.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher