Publicado em 19 de nov de 2016 por Mayara Armstrong

Oi, gente! Meu nome é Bianca Figueiredo e sou uma das novas colaboradoras do OFELM! E começo com uma notícia triste: Eyewitness (2016) corre o risco de ser cancelada antes mesmo do fim de sua primeira temporada.

Enquanto esses cancelamentos em séries são bem comuns, não posso deixar de fazer uma avaliação sobre a história da série, alguns dos motivos que deveriam ter feito a série decolar – porém não fizeram, de acordo com os números revelados pela emissora USA Network recentemente -, e porque deveríamos apoiar uma das melhores séries que estreiaram nesse último ano (na minha humilde opinião).

Eyewitness, pra quem não conhece, começou em 16 de agosto de 2016. A série é produzida pelo canal USA Network, sendo uma adaptação de um original escandinavo, Øyevitne. Os dois primeiros episódios foram dirigidos pela Catherine Hardwicke (sim, aquela de Crepúsculo, mas também dirigiu A Garota da Capa Vermelha).

Se você curtiu The Killing (2011-2014) você deveria assistir Eyewitness – que está disponível no iTunes. Da mesma forma que The Killing, esse enredo policial é protagonizado por uma mulher. Em Eyewitness, Xerife Helen (Julianne Nicholson), mãe adotiva de Philip (Tyler Young) que investiga um assassinato. O problema é que ela não sabe que seu filho e seu “amigo” Lukas (James Paxton), que na intenção de aproveitar o fim de semana juntos, vão para uma cabana em uma cidade pequena no interior do estado de Nova York, mas acabam presenciando o crime brutal.  Como os dois não reportaram que presenciaram o assassinato por medo de ter que assumir o relacionamento, Helen faz sua própria investigação policial, enquanto Philip e Lukas procuram por evidências para encontrar o assassino por conta própria.

tumblr_ogvbqarm1w1tf4zbyo1_1280

A série é incrível, com a representação LGBT em seus personagens principais (Philip e Lukas). Eyewitness retrata os verdadeiros obstáculos da desconstrução da homofobia interna e as emoções de se assumir para o mundo. Mas a série não é apenas sobre os dois personagens principais e sua jornada para se sentirem confortáveis com sua relação homoafetiva! Durante todo esse desenvolvimento, tem uma história de assassinato conectando tudo isso, com representatividade feminina na mistura! Fora isso tudo, o criminoso que sobreviveu à chacina sai à procura deles.

Mas porque essa preocupação toda? Além de todo mundo na minha timeline do Tumblr estar surtando por causa dessa série, é que durante a tarde de hoje (18/11) o ator Tyler Young – que interpreta o Phillip Shea – respondeu um fã no twitter sobre a possibilidade do canal não passar o final da primeira temporada:

tumblr_ogv44lrr2v1qbr8cio1_1280

@ItsTylerYoung ei tyler, é possível que a série seja cancelada sem passarem o final da primeira temporada? | @lightbaene Sim…

Logo após essa alegação, a equipe de produtores de Eyewitness publicou o tweet abaixo, esclarecendo que todos os episódios da série irão ao ar, e pedindo uma segunda temporada ao canal USA Network!

 

tumblr_inline_ogvcc2rixg1qfr2t9_540

Nação #eyewitness. Nós garantimos a vocês que todos os 10 episódios irão ao ar – vamos continuar a história de #philkas para sempre #nósqueremoseyewitnesstemporada2 @USA_Network

Como boa seriadora, já me acostumei com ter séries que eu gosto canceladas, mas se tem uma que eu nunca aceitei foi “Hannibal” (2013-2015). A certeza de ver – novamente – a injustiça de ter uma série tão boa, com tanta representação, e com uma história tão envolvente ser cancelada por motivos de audiência (quando seu principal público assiste a série pirateada) me faz querer lutar mais por uma série que tem apenas 5 episódios lançados até hoje.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher