Publicado em 16 de ago de 2017 por Igor Mattos

Annabelle 2: A Criação do Mal

20171 h 49 min
Overview

Anos após a perda trágica da sua filha, um criador de bonecas e a sua mulher abrem as portas de sua casa a uma freira e várias raparigas de um orfanato encerrado, sem saber que se vão transformar no alvo de uma boneca possuída criada pelo dono da casa, Annabelle.

Metadata
Runtime 1 h 49 min
Release Date 9 agosto 2017
IMDb Id tt5140878
Images
Actors
Starring: Stephanie Sigman, Alicia Vela-Bailey, Miranda Otto, Anthony LaPaglia, Adam Bartley, Philippa Coulthard, Mark Bramhall, Lulu Wilson, Talitha Bateman, Kerry O'Malley, Brian Howe, Brad Greenquist, Samara Lee, Joseph Bishara, Lotta Losten, Grace Fulton, Liam James Ramos, Tayler Buck, Lou Lou Safran, Karalee Austin, Tyler A. Johnson

Após o sucesso de Invocação do Mal, a Warner Pictures não hesitou em produzir uma sequência do mesmo e um derivado da boneca que chamou a atenção de todos. Com isso veio o primeiro spin-off desse “Universo de Terror”: Annabelle. O primeiro filme trouxe uma história de origem para boneca, porém não foi muito bem aceito pela crítica. Mesmo assim, conseguiu agradar o público e recebeu uma sequência.

 Annabelle 2: A Criação do Mal vem com o objetivo de formular e melhorar o que já foi contado no primeiro filme, o que consegue fazer de maneira bem discreta e sem se perder. Consegue trazer, assim, um novo frescor para a personagem.

A sinopse: anos após a trágica morte de sua filha, um habilidoso artesão de bonecas e sua esposa decidem, por caridade, acolher em sua casa uma freira e dezenas de meninas desalojadas de um orfanato. Atormentado pelas lembranças traumáticas, o casal ainda precisa lidar com um amedrontador demônio do passado: Annabelle, criação do artesão.

Image from the movie "Annabelle 2: A Criação do Mal"

O diretor do longa, David F. Sandberg (o mesmo de Quando As Luzes Se Apagam) traz sua marca para a franquia, com cenas que até lembram um pouco seu trabalho anterior. Neste, Sandberg conseguiu mesclar suspense, mistério, terror, comédia e drama. Sim, os gêneros se misturam de maneira simples e sem estragar o principal (o terror), o que vai se somando à narrativa do filme de maneira surpreendente.

As sequencias de suspense estão tão bem feitas que se torna admirável, pois elas te preparam para o susto e te deixam bastante apreensivo para o que vem em seguida. Os efeitos sonoros nesta continuação não estão ali apenas para causar um “Jump Scare”, mas se agregam à narrativa de maneira formidável, sem criar sustos gratuitos. Embora muitas dessas sequencias possam ser vistas como clichês, isso faz parte do gênero em que o filme se encontra.

Toda a narrativa é voltada para criar uma nova história de origem para a personagem. Isto de certa forma parece ser algo ruim, porém a maneira como o filme mostra essa criação, inclusive fazendo conexão com o primeiro, é incrível. Aqui temos um ótimo trabalho do roteirista, Gary Dauberman, que faz isso de uma maneira simples para o telespectador, além de trazer algumas pistas sobre o futuro do “Universo de Terror” iniciado em Invocação do Mal.

Algumas cenas durante o longa trazem alguns erros de continuidade, porém nada que atrapalhe muito a narrativa. A arte e a fotografia conseguem se destacar muito bem. A primeira, com um bom trabalho na maquiagem e ambientação do local, se junta à segunda para criar a atmosfera do filme. Realmente é um trabalho com uma boa junção desses elementos em tela.

Image from the movie "Annabelle 2: A Criação do Mal"

Um fator que contribuiu para as sensações causadas pelo longa foi a disponibilização da cabine na sala 4DX. Graças a recursos como poltrona que se mexe e treme, jato d’água, fumacinha e luzes piscando, a imersão é maior. Especialmente em um filme de terror, o que leva os sustos a serem ainda maiores. Deixo aqui minha recomendação para quem puder e quiser assistir nesta sala, pois vale a experiência.

Annabelle 2: A Criação do Mal consegue reestabelecer a história da personagem sem desfazer o que foi apresentado. Assim estabelecendo futuras histórias da boneca e preparando terreno para outros spin-offs deste Universo, ainda mantém as qualidades de um bom terror para o espectador.

 PS: Tem uma cena pós créditos.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher