Publicado em 06 de jan de 2017 por John Oliveira

Vaiana

20161 h 33 min
Overview

Há três mil anos, os maiores navegadores do mundo viajavam no vasto Pacífico, descobrindo as muitas ilhas da Oceânia. Depois, durante mil anos, as viagens pararam sem se saber porquê… Vaiana dos Walt Disney Animation Studios é uma jovem aventurosa que, ajudada pelo semi-deus Maui (Dwayne Johnson) parte numa ousada missão para provar que é uma grande descobridora e salvar o seu povo.

Metadata
Runtime 1 h 33 min
Release Date 23 novembro 2016
IMDb Id tt3521164
Images

Depois de alguns anos em baixa, a Disney veio com Frozen e virou o jogo. Com o passar dos anos, o estúdio de animação mais famoso do mundo vêm mostrando que o seu novo objetivo é trazer representatividade e novos arquétipos de personagens. Definitivamente os tempos mudaram.

Mais uma vez a Disney mostrou que paradigmas foram feitos para serem quebrados. Na maior parte das vezes quando uma princesa ia se aventurar, precisava de um homem para protegê-la e/ou arranjava um interesse amoroso(Geralmente eram a mesma pessoa). Dessa vez, a jornada começa sozinha e não tem um interesse amoroso em jogo, mas tem uma amizade que é construída onde ambos se ajudam à conquistar seus objetivos. Todos os personagens são úteis.

A Moana consegue cativar o público através de sua coragem, determinação e amor. Diferente da Elsa que demonstrava menos sentimentos, a Moana vive em emoção. Seja com a família e amigos ou com o desejo de se aventurar. É uma das princesas mais interessantes e com maior potencial, espero que tenha sequência para ela continuar sendo explorada.

A dublagem está ótima e os personagens são eficientes. O Maui pode parecer forçado no início, mas tem um ótimo desenvolvimento e cria um grande laço de amizade com a protagonista. Heihei(Galo) é um bom alívio cômico. Até a água consegue ser bastante expressiva.

Os efeitos visuais estão fascinantes. Tudo impressiona. Desde as paisagens criadas durante todo o filme, até o cabelo da protagonista. Mais um trabalho memorável do estúdio.

A trilha musical é responsável por grande parte de toda a magia que o filme nos faz sentir, com uma adaptação brasileira de qualidade. A maior parte das músicas são encaixadas nos momentos perfeitos e criam toda a atmosfera intimista da obra. Em diversos momentos me peguei de boca aberta igual as crianças.

O filme não tem pretensões de ser original ou inovador. Segue a famosa jornada do herói(nesse caso, heroína) como de costume e usa diversos clichês da temática, mas consegue fascinar pela ótima execução. Personagens carismáticos, visual belíssimo, trilha sonora excelente e trama envolvente são o vitais para criar uma ótima aventura, como aconteceu aqui. A mitologia e cultura foram apresentadas junto à trama principal de uma forma simples e sensível, conseguindo prender o público dos menores momentos aos mais grandiosos.

Moana é um filme sobre força, amizade e amor, que provavelmente fará com que pessoas de todas as idades saiam com um sorriso no rosto. Se desligue do mundo e mergulhe nessa fantasia que só a Disney sabe fazer.

Ps: O curta-metragem que passa antes do filme, Trabalho Interno, é dirigido pelo brasileiro Leo Matsuda. Além de eu ter gostado da mensagem, fiquei feliz de ver a grande inspiração no Brasil. É a nossa cara.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher