Publicado em 19 de out de 2017 por Igor Mattos

Geostorm

Overview

A ocorrência cada vez mais frequente de eventos climáticos capazes de ameaçar a existência da humanidade faz com que seja criada uma extensa rede de satélites, ao redor de todo o planeta, de forma a controlar o próprio clima. Apelidado de "Danny Boy", este sistema construído a partir da cooperação de 17 países é coordenado pelo engenheiro Jake Lawson (Gerard Butler). Após anos de dedicação, ele é afastado da função devido a questões políticas e, em seu lugar, é nomeado seu irmão caçula, Max (Jim Sturgess). Três anos depois, quando a coordenação do "Danny Boy" está prestes a ser transferida dos Estados Unidos para a ONU, falhas pontuais provocam uma forte nevasca em pleno deserto no Afeganistão e altíssimas temperaturas em Hong Kong, que matam centenas de pessoas. Jake é então convocado para descobrir o que está acontecendo e, enviado para a estação internacional, desvenda uma imensa conspiração ao mesmo tempo em que precisa deixar para trás os atritos existentes com Max.

Metadata
Director Dean Devlin
Runtime
Release Date 19 outubro 2017
IMDb Id tt1981128
Images

Os filmes sobre catástrofe já são populares há alguns anos. Enquanto uns entretém e conseguem trabalhar muito bem essa temática, como Independece Day e O Dia Depois de Amanhã, outros como Terremoto: A Falha em San Andreas e 2012 só conseguem trazer algumas cenas grandiosas, que até ajudam a torna-los blockbusters, mas nada mais.

Em Tempestade: Planeta em Fúria, temos um filme sobre catástrofe com a história de dois irmãos no meio de um apocalipse climático. De certa forma é diferente de outros filmes sobre catástrofe, este traz ainda a tentativa de construção de um relacionamento entre os personagens. O que, entretanto, não funciona, devido à falta química entre os atores Gerard Butler e Jim Sturgess. Em nenhuma cena você consegue sentir que os dois se amam e são irmãos, embora o filme se sinta na obrigação de usar esse pano de fundo, em uma tentativa de não ser apenas um filme com efeitos e cenas grandiloquentes.

O diretor, Dean Devlin, é o mesmo do Independece Day e trabalha totalmente no automático, sem pretensão alguma de trazer uma visão nova para o gênero. Cada sequência tenta empolgar o espectador, porém soa sempre como se já tivesse sido vista antes.

Image from the movie ""

© − All right reserved.

As cenas de ação não empolgam, além de em sua maioria estarem ali apenas para criar efeitos que infelizmente não parecem finalizados. Além da falta de química da dupla de protagonistas, o elenco de apoio não tem nenhum destaque e os personagens não oferecem muito. Há momentos que parecem nem atuar e estão no piloto automático. Apenas a atriz Adepero Oduye consegue ter um destaque, sendo um bom alivio cômico e fazendo bom proveito de seu papel em cena.

Tempestade: Planeta em Fúria é um filme que não tem nenhuma pretensão de trazer algo novo para o gênero de catástrofe, trabalhando muito do que já vimos, além de não trazer protagonistas com apelo para o espectador. Busca apenas entreter, mas se perde em meio a tantos efeitos e sequências repetidas, cansando o público.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher