Publicado em 03 de jul de 2017 por Lucas de Souza

Homem-Aranha: De Volta ao Lar é o mais novo filme do amigo da vizinhança e será a terceira vez que veremos uma nova história de origem do herói. Criado por Stan Lee e Steve Ditko lá nos anos 60, o personagem se tornou um dos mais queridos da Marvel e um dos carros chefe da editora. Os primeiros passos do que iria ser o primeiro filme do Homem-Aranha veio quando a Marvel, nos 90 estava sofrendo uma crise financeira e estava quase em falência, quando decidiu vender os direitos dos seus personagens para estúdios de Hollywood produzirem filmes deles.

Nessa venda os direitos acabaram caindo nas mãos da Sony, que então começou a produzir o primeiro filme do herói. Antes de Sam Raimi ter sido escalado para dirigir o longa outros diretores foram cotados como James CameronSteven Spielberg, Chris Columbus e David Fincher. Outros nomes antes de Tobey Maguire foram cotados como Ben Affleck, Leornado DiCaprio e Heath Ledger, e quase veríamos Nicolas Cage como Norman Osborn.

A primeira aventura do aracnídeo estreou nos cinemas em 2002 e assim trazendo uma onda de filmes de heróis que começou com Blade e X-Men, mas foi com Homem-Aranha que esse boom aconteceu. O filme foi um grande sucesso no seu ano de estreia, batendo vários recordes de bilheteria, se tornando o filme de maior sucesso em 2002 desbancando Star Wars Episódio II.

Esse primeiro longa trouxe umas das cenas mais icônicas do cinema – o beijo na chuva entre Homem-Aranha e Mary Jane, além de diversos outros momentos – como a frase que o Tio Ben fala para o Peter: “Com Grandes Poderes, vem grandes responsabilidades”, outro ponto que merece se falado é a sua trilha sonora feita por Danny Elfman, os efeitos especiais que ainda não se dataram muito com o tempo e claro as atuações de Willem Dafoe e Tobey Maguire que marcou o ator e trouxe um dos Peter Parker mais querido e que qualquer um pode se identificar facilmente (a história merece bastante destaque aqui além das atuações).

Confira a música tema do personagem composta por Danny Elfman:

Este primeiro longa rendeu uma das melhores sequências do cinema: Homem-Aranha 2, que conseguiu em todos os pontos melhorar e superar em quase tudo seu antecessor. Nessa nova aventura Peter luta para conciliar sua vida pessoal e as responsabilidades da vida de herói, aqui o Homem-Aranha enfrenta Doutor Octopus, que é um dos melhores vilões dessa trilogia. Esse filme rendeu ótimas cenas como a do herói passando por um caminhão, que provou novamente que o filme não economizou nos efeitos especiais e a cena do trem – umas das melhores do filme.

Em 2007 pra fechar a trilogia foi lançado Homem-Aranha 3, que ao contrário dos seus antecessores não conseguiu ser bem sucedido e não agradou tanto a crítica, quanto os fãs. Esse último filme que encerrou a fase Sam Raimi/Tobey Maguire, sofreu bastante na sua produção com a falta de entendimento entre o diretor e o estúdio, além de não conseguir introduzir e explorar os novos personagens adicionados. Talvez se não tivesse acontecido esse desentendimento, teríamos umas das melhores franquias de filmes de herói, mas Homem-Aranha 3, apesar dos erros, ainda consegue ser um filme que ainda dá pra se divertir.

Já estava nos planos da Sony fazer um Homem-Aranha 4, mas esse projeto não conseguiu ir muito pra frente e após uma grande novela sobre o futuro do aracnídeo nos cinemas, foi decido que iriam recontar novamente a história do herói nos cinemas com uma nova equipe. Para essa nova aventura do aranha a Sony tinha uma grande responsabilidade nas mãos – fazer um filme que não ficasse as sombras dos filmes feitos pela Marvel Studios e agradar quem acompanhou a trilogia do Sam Raimi.

Dessa vez o filme decidiu seguir a linha dos quadrinhos colocando Gwen Stacy (Emma Stone) como par romântico de Peter, diferente dos anteriores essa se passa no ensino médio e além de ver um Peter Parker do Andrew Garfield com uma personalidade bem diferente do Peter interpretado pelo Tobey Maguire.

Na trama de O Espetacular Homem-Aranha temos um grande foco nos pais do Peter e ele buscando saber quem era eles. A direção do filme ficou nas mãos de Marc Webb que vinha do filme (500) Dias Com Ela, que conseguiu fazer um romance mais forte que nos anteriores, além da comédia e explorar mais o lado solitário do jovem Peter Parker. Aqui o vilão é o Dr. Curt Connors ou o Largato. Esse reboot consegue cumprir seu papel de divertir, mas não consegue ousar muito e fica as sombras da trilogia que marcou o amigo da vizinhança.

Foi sucedido por O Espetacular Homem-Aranha 2, que comparado ao primeiro não conseguiu trazer uma história que diverte muito, mas consegue ter seus momentos. Para está sequência resolveram da uma repaginada no uniforme do personagem, que ficou bem fiel aos quadrinhos e também eleito um dos melhores.  Aqui o foco foi mais na ação e no romance de Gwen e Peter que foi parte fundamental no desenvolvimento do filme.

Uniforme usado em O Espetacular Homem-Aranha 2:

Essa sequência manteve-se abaixo do seu antecessor e é comparável com Homem-Aranha 3, onde temos vários personagens em tela sem tempo para desenvolvimentos deles e aqui dá pra ver que a Sony tava querendo correr atrás do prejuízo e montar um universo no cinema em torno do Homem-Aranha pelos os easter egg do Sexteto Sinistro mostrado. Os vilões apresentados são o Electro que é interpretado pelo Jamie Foxx, temos o Harry Osborn aparecendo no filme interpretado por Dane DeHaan, e também como Duende Verde, que teve seu visual bem diferente dos que já foram vistos e por ultimo Paul Giamatti como Rino.

Visual do Duende Verde:

Da pra citar que o filme também teve uma boa trilha sonora que foi composta por Hans Zimmer e contou com contribuições de Jamie Foxx, Pharrel WilliansMike EinzigerJunkie XL Johnny Marr.

Depois dos vazamentos de e-mails da Sony ficamos sabendo que o herói poderia ter um filme feito pela Marvel Studios e isso ganhou mais forças porque a Sony já estava sem saber o que fazer com o personagem mesmo confirmando a sequência e os filmes derivados.

O acordo entre os estúdios fez com que fosse anunciado Homem-Aranha: De Volta ao Lar, que marca um novo reboot nos cinemas para situar o herói no Universo Cinematográfico Marvel e Peter Parker na pele de Tom Rolland. Antes o personagem fez uma ponta no filme Capitão América: Guerra Civil e foi um dos personagens mais queridos do filme, roubando a cena no momento que rouba o escudo do Capitão.

Neste novo filme vamos ver Peter nos seus primeiros anos do ensino médio e a contrário dos anteriores não veremos Mary Jane e Gwen Stacy, e sim Michelle que será uma colega de classe de Peter e a atriz Zendaya dará vida a personagem, que até agora não sabemos se será um par romântico de Peter. Aqui o vilão será o Abutre interpretado por Michael Keaton, um dos vilões que o diretor Sam Raimi queria ter visto nos seus filmes e aqui vamos ver Robert Downey Jr. que será umas das peças importantes para moldar e como inspiração e modelo para Peter Parker se tornar o Homem-Aranha.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher