Publicado em 23 de jan de 2017 por Mayara Armstrong

Na semana passada, onde os produtores de The Walking Dead, decidiram reduzir a violência retratada no primeiro episódio da sétima temporada, depois de uma forte reação do espectador a horrível cena de assassinato na abertura da sétima temporada da série. Leia mais sobre aqui!

Notícia que não foi bem aceita aos fãs, e que, de acordo com rumores, havia sido comentada pelo fato da série ter tido uma queda significativa em sua audiência, cerca de 7 milhões de espectadores em um período de dois meses.

Agora, o showrunner, Scott Gimple, e o produtor executivo, Greg Nicotero, se pronunciaram ao EW explicando melhor a informação anterior e negando-a. Gimple afirmou:

A violência na estréia foi retratada por uma razão. O horror do que aconteceu com os personagens foi muito específico para esse episódio e para o início de toda essa nova história. Eu não acho que esse é o nível básico de violência que necessariamente deveria estar no show. Ele deve ser específico para um história e um propósito, e havia um propósito de traumatizar esses personagens a um ponto onde talvez eles teriam sido dóceis para o resto de suas vidas, o que era o ponto de Negan. Mas vou dizer novamente, a violência na estréia foi para um propósito narrativo específico e eu nunca diria que essa é a quantidade básica de violência que nós mostraríamos no show. Se alguma vez formos ver novamente alguma violência retratada, precisa haver um propósito narrativo específico para ele”

Nicotero complementa:

“Tão brutal quanto o episódio foi, ainda é parte de nossa bíblia de contar histórias, retratar o que o mundo é. (…) Eu não penso que nós editaríamos nunca, e eu penso – mesmo depois de olhar aquele primeiro episódio outra vez – tão resistente como era para que as pessoas prestem atenção, eu não penso que nós teriamos feito a cena de outra maneira. (…) Há definitivamente uma diferença entre a violência contra os walkers e a violência humana, mas, na verdade, estamos servindo nossa história

Parece que houve conversas na equipe de produção por trás The Walking Dead, e a conclusão foi que pretendem manter o grau de violência da série. O que vocês acham disso? Assim a série não perderá sua essência?

The Walking Dead retorna em 12 de fevereiro.

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher