Publicado em 02 de ago de 2017 por Paulo Almeidda

Ah, uma boa franquia de ação. Uma das coisas mais lindas que existem é ver uma franquia sobrevivendo ao teste do tempo e conseguindo inovar por mais de 20 anos. Sim, estamos falando de Mission: Impossible (ou Missão: Impossível no Brasil). Em 12 de junho fez 21 anos que Missão: Impossível chegava aos cinemas. E como tudo que é bom é feito para ser lembrado, vamos falar um pouco mais sobre essa franquia, suas origens e seu futuro. Uma pequena lista de 10 curiosidades não é suficiente pra abranger a franquia inteira… mas a gente tenta.

PARTE 1 – AS ORIGENS

1 – O filme é baseado em uma série de TV que foi produzida pela CBS, estreando em 17 de setembro de 1966 (sim, a franquia tem 51 anos) e chegando ao fim em 30 de março de 1973. Foram sete temporadas e 171 episódios. Ethan Hunt não era um dos personagens, sendo exclusivo da franquia cinematográfica, mas a série teve dois protagonistas como lideres da equipe IMF (Impossible Missions Force): Dan Briggs foi o primeiro, interpretado por Steven Hill (ator que interpretou Adam em Law & Order de 1990 até 2000). Após a primeira temporada, o lider da equipe foi trocado por Jim Phelps, interpretado por Peter Graves, que, apesar de ter participado de diversas séries como House e Cold Case, nunca mais chegou a ter um papel tão importante em sua filmografia.

Missão Impossível é a série de espionagem em inglês com o maior número de episódios.

2 – Leonard Nimoy, o eterno Sr. Spock (de Star Trek), fez parte do elenco da série de TV como o personagem The Great Paris. De acordo com o livro “The Complete Mission: Impossible Dossier“, escrito por Patrick J. White, o ator achava já ter explorado totalmente o personagem e não ter espaço para crescimento na série. De acordo com uma citação presente no livro, ele achava que se continuasse na série seria apenas pelo pagamento, e isso não era o bastante. Mais tarde, Nimoy também confirma esses motivos em seu livro “I Am Spock”, publicado em 1995.

PARTE 2 – OS FILMES

3 – E chegamos ao primeiro filme. “Missão: Impossível”, de 1996. O filme chegou aos cinemas após 23 anos do término da série de TV, sendo protagonizado pelo já grande astro de cinema Tom Cruise. Cruise já havia protagonizado filmes como “Rain Man” e “Top Gun”, e havia sido indicado ao Oscar por sua incrível atuação em “Nascido em 4 de Julho”. Brian De Palma (que dirigiu “Carrie – A Estranha” em 1976 e “Scarface” em 1983) dirigiu esse filme e, tempos depois, veio afirmar que só o fez pois precisava de um sucesso de bilheteria para bancar seus projetos seguintes.  A produção foi um sucesso, com um orçamento de 80 milhões de dólares para uma bilheteria de 457 milhões de dólares, garantindo logo uma sequência que chegaria aos cinemas em 2000.

“Missão: Impossível” foi o primeiro filme a estrear em mais de 3000 salas de cinema nos EUA e é o único filme da franquia em que Ethan Hunt não dispara uma arma de fogo.

4 – O segundo filme estreou em 2000 e foi o filme de maior bilheteria do ano, batendo filmes como “Gladiador”, “O Náufrago” e o primeiro X-Men. O filme foi dirigido por John Woo (cuja filmografia também inclui “A Ultima Ameaça” e “A Outra Face”) e seu primeiro corte de “Missão: Impossível II” tinha 3 horas e meia de duração. Por pressão do estúdio, que exigia uma duração menor que duas horas, o filme foi inteiro cortado e, até hoje, é considerado o filme da franquia com o maior número de buracos no roteiro. Além disso, o filme teve suas cenas de ação mutiladas para uma classificação etária de 13 anos, sendo que o primeiro corte teve classificação Rated-R (para maiores de 18 anos).

Dougray Scott, que interpreta o vilão do filme, Sean Ambrose, havia sido contratado para o papel de Wolverine no primeiro X-Men, de 2000, mas foi obrigado a deixar o papel de lado por conflitos nas gravações de “Missão: Impossível 2”! Tom Cruise atrasou as filmagens pois ainda estava filmando “De Olhos Bem Fechados” (de Stanley Kubrick). Com isso, Bryan Singer contratou o então desconhecido Hugh Jackman para o papel que mudaria sua carreira para sempre.

Foi o primeiro filme para o qual a banda Metallica compôs uma música original. “I Disappear” foi um sucesso de críticas e ganhou o Metal Edge Readers’ Choice Award  de Canção do Ano para Trilhas Sonoras.

5 – Após um longo intervalo, 6 anos, para ser preciso, a franquia ganhou uma terceira parte. Dirigido pelo estreante nos cinemas J.J Abrams (cujo portfólio incluía até então as séries de TV “Lost” e “Alias: Codinome Perigo”). Com um orçamento de 150 milhões de dólares, é o filme mais caro já dirigido por um diretor estreante. Assim como nos anteriores, Tom Cruise fez a maioria de suas cenas de ação, o que resultou em algumas costelas quebradas durante o filme.

O filme acabou sendo o menos bem sucedido da franquia, com apenas 397 milhões de dólares feitos mundialmente. Ainda assim, foi um sucesso de crítica, sendo o terceiro filme mais bem avaliado entre os 5, perdendo apenas para os dois mais recentes (Protocolo Fantasma e Nação Secreta).

6 – O quarto filme da franquia veio acontecer em 2011: “Missão: Impossível – Protocolo Fantasma”. Esse é o filme mais longo da franquia até o momento, com 132 minutos de duração. Ele apresenta Jeremy Renner como um possível substituto para Tom Cruise quando esse abrir mão da franquia.

Essa curiosidade talvez não seja novidade, já que fizeram um merchan gigantesco em cima disto, mas Tom Cruise negou dublês e de fato se pendurou no prédio mais alto do mundo no filme. A torre Burj Khalifa tem 829 metros de altura e Cruise ficou pendurado a 518 metros do chão!

O filme foi dirigido por Brad Bird, diretor das animações “Os Incríveis” e “Ratatouille” , e esse foi seu primeiro filme live-action, ou seja, com atores reais em cena.

7 – “Missão: Impossível – Nação Secreta” estreou em Agosto de 2015 e foi dirigido e roteirizado por Christopher McQuarrie. Ele já havia trabalhado com Cruise quando dirigiu e roteirizou “Jack Reacher – O Último Tiro (2012)”, além de roteirizar filmes como “Operação Valquíria (2008)”, “No Limite do Amanhã (2014)” e o reboot de “A Múmia (2017)”. 

Como no filme anterior, Tom Cruise realizou a cena mais perigosa do filme sem ajuda de dublês, ficando realmente pendurado do lado de fora de um avião a 1500 metros do chão. A manobra foi filmada 8 vezes e levou 10 dias para ser filmada completamente. Ele e Simon Pegg também realizaram todas as suas manobras de carro por conta própria. Cruise acabou se machucando seis vezes durante as filmagens desse filme por fazer as próprias cenas de ação.

“Nação Secreta” é também o único filme da franquia onde o vilão principal não morre.

8 –  Lalo Schifrin foi o compositor da música tema que com certeza está eternizada em nossas mentes. Ele também compôs a trilha sonora dos 3 filmes da franquia “Hora do Rush” e do filme “Ladrão de Diamantes (2004)”. Ao todo, são mais de 200 créditos como compositor em 60 anos de carreira. Atualmente, está anunciado para compor a trilha sonora de “Sweetwater”, filme que contará a história do primeiro jogador negro da NBA.

Você pode ouvir também a versão remasterizada por Danny Elfman para o primeiro filme da franquia, em 1996

E a curta versão de Michael Giacchino para “Missão: Impossível III”

 

9 – Apenas Tom Cruise e Vince Rhames estão presentes em todos os filmes da franquia, inclusive anunciados no sexto filme, que está previsto para 2018. Tom tinha 34 anos quando começou a franquia e hoje tem 55 anos. Vince tinha 37 e hoje tem 58 anos.

 

PARTE 3 – O FUTURO

10 – “Missão: Impossível 6″ (ainda sem título oficial) está previsto para lançamento em 27 de Julho de 2018. O filme será escrito e roteirizado por Christopher McQuarrie novamente. No elenco, além dos veteranos, teremos Henry Cavill (o Superman do DCCU) e Angela Bassett, além do retorno de Michelle Monaghan como Julia, esposa de Ethan Hunt. Jeremy Renner iria voltar para o filme, mas não pode por conflitos na agenda pelas filmagens de Vingadores 3 e 4. 

Boatos indicam que Tom Cruise treinou um ano inteiro pra fazer uma das cenas de ação do filme sozinho (provavelmente, a sucessora impossível das manobras anteriores). O diretor do filme confirmou que a história mostrará um pouco do passado de Ethan, antes do primeiro Missão: Impossível.

Joe Kraemer compõe a trilha sonora. Ele também compôs a trilha de Nação Secreta.

CONCLUINDO…

Esperamos que tenham gostado da postagem. Se quiserem mais posts assim, com curiosidades de outras franquias e filmes, não se esqueça de comentar na nossa postagem o que acharam e sugerirem os próximos temas. É a recepção de vocês que permite mais postagens assim!

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher