Publicado em 20 de ago de 2019 por Mayara Armstrong

Diretor e fotógrafo Klaus Mitteldorf homenageia o público presente com sensibilidade única

Durante o quarto dia da 47ª Edição do Festival de Cinema de Gramado, o público pôde prestigiar o longa brasileiro concorrente na Mostra Competitiva do evento, Vou Nadar Até Você do diretor e fotógrafo Klaus Mitteldorf, exatamente no Dia Mundial da Fotografia (19/08).

Mitteldorf sensibiliza o público ao entregar uma obra carregada de leveza, empatia e representações simbólicas, possibilitando o telespectador encontrar-se consigo mesmo ao acompanhar a busca de Ophelia (Bruna Marquezine), também fotografa, às suas origens.

O filme acompanha Ophelia, uma jovem fotografa amadora determinada em encontrar seu possível pai, o homem por quem procurou durante toda a vida. Antes de partir ao seu encontro, de Santos para Ubatuba, a jovem envia uma carta ao homem avisando sobre sua jornada. Na carta, como o próprio nome destaca, a protagonista destaca “Vou Nadar Até Você”, valorizando a determinação da jovem nadadora.

Aos olhos e vivências da protagonista, a narrativa caminha valorizando fortemente a fotografia e os elementos que à compõe, principalmente naturais, como a água. Vou Nadar Até Você teve sua estreia no Brasil durante o Festival de Cinema de Gramado. Ainda sem previsão para estreia nos cinemas nacionais.

Comentários

Este artigo não possui comentários
”Mulher