Publicado em 12 de jul de 2022 por Mayara Armstrong

Filme de João Borges, que chega aos cinemas em 14/07, traz no elenco garotas de programa que trabalharam na região.

Partindo de uma combinação entre o documental e a encenação, o diretor mineiro João Borges cria em RUA GUAICURUS um filme único sobre o universo da prostituição no local que dá título ao longa, e fica em Belo Horizonte. “A elaboração de um roteiro híbrido me ajudou a ter maior controle sobre o plano de filmagens, as locações, os personagens e atores que toparam participar”, conta o cineasta.

João partiu de longo processo de pesquisa, que começou em 2016, quando participou de uma residência artística, em parceria com a Associação das Prostitutas de Minas Gerais (APROSMIG), realizada nos hotéis de prostituição da rua Guaicurus. Ele produziu, na ocasião, uma série de imagens usando uma câmera de infravermelho, registrando as trabalhadoras do sexo e seus clientes dentro dos quartos dos hotéis de prostituição. Depois disso, ao lado de Marina França, pesquisadora do tema, e Francilins Castilho, fotógrafo e artista plástico, escreveu o projeto para o filme, que foi contemplado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

Um dos maiores desafios que o cineasta enfrentou para fazer RUA GUAICURUS foi conseguir autorização de clientes e dos donos de hotéis de prostituição para realizar as filmagens para o longa. “Por isso convidamos atores para desempenhar esses papéis. Convidei também uma atriz para fazer o papel da prostituta que estava começando na profissão. Os atores interpretaram seus personagens inspirados em histórias que foram contadas durante o processo de pesquisa. Acho que essa relação contribuiu para a dramatização do filme: o ator profissional trazia segurança ao não-profissional. E este, por sua vez, contribuiu para a improvisação, a espontaneidade, aquilo que escapasse ao controle, dando o tom documental que o filme apresenta.

Sinopse

A rua Guaicurus é uma das maiores zonas de prostituição do Brasil, localizada no centro da cidade de Belo Horizonte, desde os anos 50. Atualmente funcionam mais de 25 hotéis na região, com aproximadamente três mil trabalhadoras do sexo. Nesse enorme complexo, o filme revela um cotidiano pouco conhecido, por meio de situações que eclodem das relações entre suas personagens.

Confira o trailer do filme:

RUA GUAICURUS estreia nos cinemas nesta quinta-feira, dia em 14 de julho, nas cidades de Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Manaus, Brasília e Balneário Camboriú, com distribuição da Embaúba Filmes.


Comentários

Este artigo não possui comentários
”Mulher