Publicado em 24 de fev de 2017 por Mayara Armstrong

Após a grande fama de The Walking Dead, a série passou a comercializar produtos baseados nela, principalmente roupas e figure actions.

Em um dos produtos inspirados na série, mais especificamente uma camiseta, está causando muita polêmica, fazendo a Primark, empresa responsável pelo produto, parar de comercializar a camiseta após denúncia de racismo. Isso porque a camiseta contém a frase “eeny meeny miny moe“, uma icônica frase usada por Negan no primeiro episódio da sétima temporada, quando o vilão faz “uni dunê tê” para escolher seu alvo.

Porém, a frase é uma rima tirada de uma antiga canção que, historicamente, tem origens racistas remetendo a escravidão, a frase original da canção é “Eeny meeny miny moe, catch a nigger* by his toe“. Se usada e interpretada fora de contexto, pode soar ofensivo, racista.

Confira a estampa:

A Primark se manifestou dizendo:

A camiseta em questão é uma mercadoria licenciada para a série de TV norte-americana, The Walking Dead, e a citação e a imagem são retiradas diretamente da série. Qualquer ofensa causada pelo design foi completamente não-intencional e a Primark pede desculpas por isso

O ator Jefferey Dean Morgan, interprete de Negan na série, se manifestou sobre o ocorrido dizendo “que merda, as pessoas são tão estupidas“:

O que acharam do ocorrido?

Comentários

Este artigo não possui comentários

”Mulher